Planeamento das Sucessões

Construa Fluxos do Talento Efetivos

Talento de liderança sem a preparação necessária


As mudanças demográficas e o ritmo da mudança estão a aumentar a pressão para criar estratégias abrangentes de sucessão dos líderes. As abordagens típicas ao planeamento das sucessões assumem um contexto previsível e estável, não preparando os líderes para os desafios e tendo como resultado que metade deles não atingem os objetivos nas suas novas funções.


Atualmente, apenas 28% das funções de liderança são preenchidas pelos sucessores.


Solução Planeamento das Sucessões

Preparar os futuros líderes para o impacto


Crie um “banco de suplentes” forte, composto por talento de liderança diversificado, ao conseguir predizer o potencial de sucesso face ao contexto e aos desafios específicos do seu negócio. Utilize o conhecimento objetivo sobre as pessoas para acelerar o desenvolvimento dos líderes e a sua  preparação para serem bem sucedidos nas novas responsabilidades.

AGENDE UMA DEMONSTRAÇÃO

Abordagem baseada no contexto


Estratégias eficazes de planeamento das sucessões avaliam os talentos de liderança relativamente à dinâmica dos desafios contextuais que irão defrontar. A Solução SHL Leader Edge identifica os 27 desafios contextuais com maior impacto no desempenho do líder e prediz que líderes terão provavelmente mais sucesso face a cada desafio.


Atualmente, 58% das organizações não usam avaliações objetivas para o planeamento das sucessões.


PORQUÊ ESCOLHER A SHL?


Predição melhorada


A investigação pioneira da SHL sobre a eficácia na liderança em diferentes contextos estratégicos melhora a predição do sucesso do líder.



Avaliação dinâmica


Abordagem flexível para orientar a avaliação e as decisões de colocação dos líderes.



Alinhamento com a estratégia


O forte alinhamento com a estratégia do negócio e o impacto no desempenho orienta e fundamenta as decisões sobre o talento.


A nossa abordagem

Identificar


Avalie os líderes em relação aos desafios contextuais importantes para o sucesso da sua organização.

Medir


Responda às perguntas sobre a adequação dos seus líderes através de uma plataforma informática que lhe dá acesso a “painéis de bordo” dinâmicos e fáceis de utilizar.

Acelerar


Potencie o conhecimento sobre o nível de adequação e a experiência do líder para produzir planos de desenvolvimento personalizados.

O NOSSO SABER

Relatório do Estudo Lar Doce Escritório

O Impacto do Trabalho Remoto na Gestão de Pessoas

7 Boas Práticas para o onboarding em tempo de pandemia

O onboarding de novos colaboradores visa a sua integração, ajudando-os a ajustarem-se aos aspetos sociais e de desempenho da função. Tem a vantagem de permitir que se tornem rapidamente membros produtivos e contribuam para o sucesso organizacional. Dura em média três meses e deve ser ajustado a cada colaborador. Assim sendo, o onboarding deve ser pensado de forma estratégica, questionando: o que é preciso fazer durante os primeiros 90 dias para que os colaboradores cheguem onde devem chegar?

Uma rentrée diferente

Ainda que existam poucos estudos sobre o tema, é consensualmente aceite que o regresso ao trabalho após as férias pode levar a que as pessoas se sintam menos entusiasmadas e energizadas. Este ano, devido ao contexto de pandemia vivido desde março, o retorno à atividade profissional é forçosamente diferente. Alguns de nós regressam não apenas às tarefas e responsabilidades habituais, mas também ao local de trabalho, após alguns meses de teletrabalho. Outros manter-se-ão a trabalhar a partir de casa. Artigo Publicado na Human Setembro 2020